domingo, 27 de julho de 2014

Geografia - Países do Terceiro Mundo - 10 Questões

10 Questões de Vestibulares sobre os Países do Terceiro Mundo

01. UNICAMP 1992 - Explique o significado do termo 'Terceiro Mundo", relacionando-o com as características dos países que assim são denominados.

02. (Vestibular Milton Campos 1998) Leia o texto. 
“No século atual, o eurocentrismo - que predominou durante 300 anos – sofre o impacto do  aparecimento de dezenas de novos países na Ásia e na África. Simultaneamente, os países do  Terceiro Mundo iniciam mudanças nas relações entre ricos e pobres, dominadores e dominados. É  neste contexto que o professor Arno Peters publica seu planisfério (1973). Esse mapa é um bom  negócio para os países situados na zona intertropical do planeta, pois corrige a subestimação das  áreas do planisfério de Mercator. Ele representa cartograficamente as reivindicações de igualdade  entre os países.” 
FONTE: CARVALHO, Sílvia de Faria Pereira. in: Mapas são a linguagem da Geografia. Estado de Minas. Caderno Gabarito. pág. 6 a 8. Belo Horizonte. 3/3/95. 

Com base no texto e em seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa INCORRETA:
a) A projeção de Mercator é vantajosa para os países do norte, pois aumenta o tamanho dos países localizados entre os trópicos e os círculos, diminuindo, em contrapartida, os espaços ocupados pelos países intertropicais. 
b) Ao se afirmar como centro de expansão do comércio, das grandes conquistas e de apropriação de terras na América, África e Ásia, a Europa tornou-se o centro de referência e localização para as outras regiões do globo. 
c) A projeção de Peters, assim como a de Mercator, apresenta distorções, mas representa fielmente os contornos dos continentes, permitindo que os países da faixa intertropical apareçam em sua verdadeira localização no globo terrestre. 
d) Atualmente, Estados Unidos, Japão e Rússia também se autodefiniram como referência e modelo para a humanidade, o que só veio reforçar a continuidade de utilização do mapa de Mercator, pois esses países localizam-se em latitudes equivalentes a da Europa.

03. UFAC 2008 - Existem alguns países do Terceiro Mundo que podem ser considerados industrializados. São eles a Argentina, o Brasil e o México, na América Latina; a África do Sul, na África; Formosa, Hong Kong, Coréia do Sul, Malásia e Cingapura, na Ásia. Com relação a esses países, aponte a opção correta: 

(A) Na África do Sul, assim como na Argentina, Brasil e México, a ausência de um mercado  consumidor interno leva à exportação da maior parte de sua produção industrial. 
(B) O processo de industrialização dos países asiáticos é mais antigo, datando da Primeira Guerra Mundial, enquanto a industrialização da África do Sul e dos países latino-americanos citados ocorreu apenas nas últimas décadas. 
(C) Os países do Sudeste Asiático são considerados “plataformas de exportação” para indústrias  estrangeiras, principalmente japonesas, que aí foram implantadas devido a uma série de vantagens, tais como: ausência de leis antipoluição e baixos salários. 
(D) O México e o Brasil, embora já industrializados, ainda não foram capazes de formar uma população urbana maior que a rural, e a soma de rendimentos gerados pelo setor primário da economia ultrapassa os gerados pelo setor secundário. 
(E) A industrialização nesses países vem resolvendo sensivelmente os problemas do subdesenvolvimento, na medida em que os salários vão se tornando mais altos ocorre uma 

04. UERJ 2010 - Falamos a todo momento em dois mundos, em sua possível guerra, esquecendo quase sempre que existe um terceiro. É o conjunto daqueles que são chamados, no estilo Nações Unidas, de países subdesenvolvidos. Pois esse Terceiro Mundo ignorado, explorado, desprezado como o Terceiro Estado, deseja também ser alguma coisa. ALFRED SAUVY, Adaptado de France-Observateur, 14/08/1952
Com essas palavras, o demógrafo e economista francês Alfred Sauvy caracterizou, na década de 1950, a expressão Terceiro Mundo. No contexto das relações internacionais a que se refere o texto, esse conceito foi utilizado para a crítica da:
(A) luta pela descolonização
(B) expansão do comunismo
(C) bipolaridade da Guerra Fria
(D) política da Coexistência Pacífica

05. (Unirio-RJ) O “TERCEIRO MUNDO” JÁ ERA 
No cenário atual das relações internacionais, o conceito de“terceiro mundo”, criado nos anos cinquenta, torna-se inadequado, incapaz de dar conta da realidade a que se refere.Analise algumas considerações que justificam as afirmativas anteriores.
I. O fim da Guerra Fria impõe a lógica segundo a qual sóexiste um “mundo” cada vez mais homogêneo devido à maior integração do planeta.
II. Nas últimas décadas, o rápido crescimento econômico de alguns países subdesenvolvidos vem reforçar as diferenças culturais, religiosas e étnicas que já existiam entre os países deste grupo.
III. Apesar da prosperidade do “primeiro mundo”, os problemas associados ao “terceiro mundo”, como a marginalização social, também ocorrem na metade norte do planeta.
É(São) correta(s) a(s) justificativa(s):
a) I apenas.
b) I e II apenas.
c) I e III apenas.
d) II e III apenas.
e) I, II e III.

06. (Cesgranrio) No pós-Guerra, difundiu-se o uso de uma classificação, em que os diversos países foram divididos formando o Primeiro, o Segundo e o Terceiro Mundos. Essa classificação, no entanto, apresenta, sobretudo neste final de século, inúmeros inconvenientes, em virtude da: 
a) insistência em fundamentar os critérios de classificação a partir de fatores raciais e da natureza. 
b) incapacidade de criar agrupamentos para países que tenham características híbridas. 
c) desconsideração de elementos políticos e econômicos como base para a divisão das várias nações. 
d) observação de espaços subdesenvolvidos no interior do Primeiro Mundo, rebaixando alguns países para o Segundo Mundo. 
e) manutenção das nações socialistas no grupo do Terceiro Mundo, quando deveriam estar no do Primeiro Mundo. 

07. UEL 2002 - Sobre as classificações dos países quanto aos níveis de desenvolvimento, considere as seguintes afirmativas:
I - A pertinência da divisão do mundo em três grupos (Primeiro Mundo, Segundo Mundo, Terceiro Mundo) é hoje bastante questionada: de um lado, o surgimento dos Países Recentemente Industrializados (Newly Industrialized Countries) tornou o chamado Terceiro Mundo muito heterogêneo; de outro lado, a crise do bloco socialista fez com que os países que o integravam passassem a ser, em sua maioria, “economias de transição”, o que desatualizou o conceito de Segundo Mundo.
II - Atualmente, está sendo amplamente utilizada a seguinte classificação: países desenvolvidos, países em desenvolvimento e países subdesenvolvidos.
III - Dentre as características dos países desenvolvidos encontram-se as seguintes: alto desenvolvimento tecnológico, participação expressiva dos setores secundário e terciário na economia, renda per capita elevada, distribuição de renda relativamente homogênea. 
Assinale a alternativa correta:
a) Apenas a afirmativa I é verdadeira.
b) Apenas as afirmativas II e III são verdadeiras.
c) Apenas as afirmativas I e III são verdadeiras.
d) Todas as afirmativas são verdadeiras.
e) Nenhuma das afirmativas é verdadeira.

08. UFSC 2001 -  “Hoje em dia, na América Latina, 15% a 20% da população desfrutam de um estilo de vida do Primeiro Mundo: matriculam seus filhos em escolas particulares, pertencem a “country” clubes, jogam tênis, fazem ginástica aeróbica, fa-zem cirurgias plásticas, viajam em carros luxuosos e comunicam-se mediante computadores e fax. Moram em condomínios fechados; viajam para o exterior; seus filhos freqüentam universidades no exterior, falam inglês e são a audiência à qual os presidentes latino-americanos dirigem seus discursos sobre a nova prosperidade global. O restante da população é levado do Terceiro para o Quarto Mundo com cortes nos gastos sociais (saúde e educação), corte nos investimentos de manutenção de serviços públicos como água e esgoto. Ingressam no setor informal da economia. É o declínio do Estado de Bem-estar Social e a pauperização da população.”

Esse contraste, extraído do livro “Hegemonia dos Estados Unidos no novo milênio” de James Petras e Henry Veltmeyer, mostra a realidade na América Latina.
Sobre o texto é CORRETO afirmar que:
01. A situação sócio-econômica das duas realidades acima descritas é histórica, porém exacerbou-se com a entrada do neoliberalismo, fase atual do capitalismo.
02. A expansão capitalista atual forçou a demolição do Estado do Bem-estar Social, que existiu em maior ou menor escala em grande número de países, agravando as diferenças sociais.
04. A constatação acima permite concluir que, na América Latina, há um crescimento em grande escala do capital, o que faz aumentar o número de emprego e diminuir a pobreza, os crimes e os sofrimentos humanos.
08. A comparação no texto vem confirmar que a diferença dos dois conjuntos de países só diminuirá com o crescimento econômico do Terceiro ou Quarto Mundo, que superará a evolução econômica do Primeiro Mundo.
16. Do texto acima, deduz-se que a situação de miséria e pobreza da maioria latino-americana só será resolvida com a cooperação dos Estados imperiais e das elites que estão no poder.


09. UFRRJ 1997 - A identificação dos países em função dos conceitos de desenvolvimento e subdesenvolvimento, universalmente aceitos, constitui-se em difícil tarefa, na medida em que alguns indicadores socioeconômicos, muitas vezes, são comuns tanto aos países do Primeiro como aos do Terceiro Mundo. Um seguro indicador da condição de desenvolvimento é: 
a) o produto interno bruto volumoso. 
b) a renda per capita elevada. 
c) a industrialização moderna. 
d) as desigualdades sociais amenizadas. 
e) a urbanização crescente.

10. (FESP) Assinale as afirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas.
a) A Guerra Fria consistiu numa etapa especial da história da humanidade, na qual o  sistema internacional organizou-se em torno de dois pólos de poder de âmbito planetário. 
b) A presença de um Terceiro Mundo não impugnou a natureza bipolar do sistema da  Guerra Fria. 
c) Terceiro Mundo foi uma expressão empregada no auge da Guerra Fria para englobar os  países pobres do hemisfério sul e os países socialistas. 
d) A bipolaridade da Guerra Fria apoiou-se sobre uma política de notável aperfeiçoamento  de meios de destruição em massa. 
e) A unificação da Alemanha foi uma decorrência direta da intensificação da Guerra Fria.


Gabarito/Resolução
01. "Expressão surgida no pós-guerra e utilizada para se referir aos países não-desenvolvidos, em contraposição ao Primeiro Mundo (países capitalistas desenvolvidos) e ao Segundo Mundo (os então países socialistas do Leste europeu). Os chamados países do Terceiro Mundo, países subdesenvolvidos ou países não-desenvolvidos, localizados principalmente na América Latina, África e Ásia, caracterizam-se por apresentar uma distribuição de renda com grande concentração de riqueza, altas taxas de mortalidade e de natalidade, de analfabetismo, de marginalização social, econômica e política, ocupação de maior parte da população economicamente ativa no setor terciário da economia, baixos níveis de produção e produtividade do trabalho, com uma grande parcela da população vivendo na linha de pobreza". (Melhoramentos: Dicionário de Geografia - termos, expressões, conceitos. Gilberto Giovannetti. Madalena Lacerda. página 206).
02. C
03. C
04. C
05. D
06. B
07. D
08. 03 (01 + 02)
09. D
10. VVFVV

Nenhum comentário: