terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Professores da rede pública poderão ter direito a merenda escolar

Yara Aquino - Agência Brasil 
Brasília – O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse hoje (29) que recebeu pedido de prefeitos para que os professores de educação básica da rede pública também tenham direto à merenda escolar, a exemplo do que ocorre com os alunos. Ele manifestou apoio ao pedido, que dependeria de aprovação de projeto de lei específico.
Crianças na mesa comem merenda
Atualmente, a verba da merenda só pode ser gasta com a alimentação dos alunos (Foto: Antônio Cruz/ABr)
“Os prefeitos solicitaram que os professores também fizessem a alimentação com os alunos na merenda escolar. Hoje a lei proíbe. Só é possível se houver uma alteração em lei. O impacto é muito pequeno dado o número de professores da rede pública. Acho razoável que eles estejam trabalhando e possam comer a mesma merenda que os estudantes", disse a jornalistas após participar do Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas.
No encontro com prefeitos, o ministro apresentou as ações e programas que o Ministério da Educação (MEC) desenvolve em parceria com as prefeituras e disse que uma das prioridades do governo é a construção de creches. A meta do governo é chegar a 2016 com 6 mil novas unidades. Segundo Aloizio Mercadante, 742 creches foram entregues nos dois primeiros anos do governo de presidenta Dilma Rousseff e há 5.678 em construção.
Edição: Beto Coura

29.01.2013 - 16h26 | Atualizado em 29.01.2013 - 16h54
Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0

Nenhum comentário: