quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Questões de Geografia do Vestibular Unicamp 2017 / 1ª fase - com gabarito

Questões relacionadas à geografia do Vestibular Unicamp 2017 / 1ª fase

Questão 01 - UNICAMP 2017 - De acordo com a Organização das Nações Unidas, a população global submetida a deslocamentos forçados cresceu substancialmente durante os últimos decênios, passando de 37,3 milhões para 65,3 milhões em 2015. Desse total, os refugiados representam 16,1 milhões de pessoas, 1,7 milhão a mais que o total registrado 12 meses antes. Mais da metade dos atuais refugiados do mundo (54%) procede de três países afetados por conflitos armados. (Adaptado de Agência da ONU para Refugiados – ACNUR – Documento Tendencias Globales, 2015.) Indique quais são esses três países. 
a) Myanmar, Síria, Somália. 
b) Afeganistão, Síria, Somália. 
c) Afeganistão, Grécia, Macedônia. 
d) Grécia, Macedônia, Myanmar.

Questão 02 - UNICAMP 2017 - Apesar da queda de preço que vêm sofrendo nos últimos anos, algumas commodities minerais continuam sendo importante fonte para a pauta de exportações do Brasil. Na figura a seguir, observamos vias de escoamento (os corredores de exportação) da Amazônia Oriental, partindo de três municípios paraenses: Oriximiná, Parauapebas e Ipixuna do Pará.

Identifique o produto extraído em cada um dos municípios e a via de escoamento correspondente: 
a) cobre, corredor baixo Amazonas; bauxita, corredor Carajás; ferro, corredor do vale do rio Capim. 
b) bauxita, corredor baixo Amazonas; ferro, corredor Carajás; caulim, corredor do vale do rio Capim. c) carvão mineral, corredor Carajás-Tocantins; caulim, corredor do vale do rio Capim; bauxita, corredor baixo Amazonas. 
d) ferro, corredor Carajás; bauxita, corredor baixo Amazonas; cobre, corredor do vale do rio Capim.

Questão 03 - UNICAMP 2017 - A zona costeira brasileira abriga diversos ecossistemas de elevada relevância ambiental. Destacam-se, entre muitos outros, os manguezais. A respeito desse ecossistema costeiro, é correto afirmar que são 
a) áreas de extensões aquáticas dispostas em paralelo ao litoral e isoladas por cordões litorâneos; mantêm comunicação por canais com as águas fluviais e marinhas, possibilitando a deposição e circulação de sedimentos originados dos dois ambientes e dos ventos. 
b) unidades geomorfológicas arenosas formadas pela ação permanente dos ventos, apresentando pouca ou nenhuma cobertura vegetal e variação de acúmulo de sedimentos; podem contribuir para a recarga dos lençóis freáticos.
c) áreas de planície arenosa de origem marinha de grande fragilidade ambiental; apresentam variação de cobertura vegetal em diferentes estágios sucessionais e variação de topografia do terreno; contêm zonas inundáveis e não inundáveis. 
d) ambientes de transição, ecótonos, entre áreas marinhas e terrestres, ricos em sedimentos constituídos de matéria orgânica e nutrientes; predomina vegetação arbustiva, que sobrevive em ambientes de permanente inundação.

Questão 04 - UNICAMP 2017 - Conforme foi noticiado na mídia, no dia 21 de agosto de 2016, a cidade de Santos (SP) foi atingida por uma ressaca que paralisou por 30 horas o principal porto do país, inundou vias e causou transtornos para a mobilidade urbana, o funcionamento de empresas e do comércio. As ressacas resultam 
a) das dinâmicas das massas de ar formadas nas áreas oceânicas, sempre no verão; são causadas por diferença de pressão atmosférica de áreas de baixa pressão nos oceanos para áreas de alta pressão nos continentes. 
b) do contato de massas de ar com características termodinâmicas semelhantes, formando sistemas de circulação frontais; quanto menor a umidade do sistema, maior é a instabilidade atmosférica. 
c) da ação dos sistemas de ciclones extratropicais, especialmente no inverno; o deslocamento de grandes volumes de água decorre da diferença de pressão atmosférica, que produz ventos intensos. 
d) da ação de ciclones tropicais formados no Atlântico Sul, sempre nos meses de inverno; nesta estação do ano são menores as diferenças de temperatura entre o polo sul e o equador.

Questão 05 - UNICAMP 2017 - O estudo Arranjos Populacionais e Concentrações Urbanas do Brasil (IBGE, 2015) identificou 294 arranjos populacionais no País, de diferentes escalas e naturezas. O Arranjo Populacional da Região Metropolitana de São Paulo (SP) é caracterizado pela extensão e intensidade de seus fluxos: aproximadamente 1.750.000 pessoas deslocam-se cotidianamente entre os municípios que compõem o Arranjo para estudar e trabalhar. Essa dinâmica espacial é melhor explicada pelo conceito de 
a) migração interna. 
b) movimento pendular. 
c) migração urbano-urbano. 
d) movimento sazonal.

Questão 06 - UNICAMP 2017 - A presença de empresas globais que dominam o mercado de tecnologia no mundo costuma gerar atritos com os governos nacionais e impactos de diferentes dimensões em sua indústria cultural e na privacidade dos indivíduos. Diante do poder dessas grandes empresas, os Estados nacionais buscam estabelecer regras antitrustes para o setor. (Adaptado de Farhad Manjoo, The New York Times/Folha de São Paulo, 11/06/2016, p. 1 e 2.) Com relação ao poder econômico e político das empresas globais de tecnologia digital e as ações dos governos nacionais, é correto afirmar que: 
a) A tecnologia digital representou uma expressiva reestruturação da ordem global. Houve maior democratização da circulação de informações pela internet e os Estados nacionais perderam totalmente o controle do conteúdo transmitido pelas redes digitais. 
b) O poder das grandes empresas de tecnologia predomina apenas nos países pobres, cujos Estados dispõem de limitadas legislações para o controle desses grupos econômicos em seus territórios, sobretudo no que diz respeito às mídias globais. 
c) As leis antitrustes surgiram no final do século XX e foram criadas pelos Estados nacionais para o controle do poder econômico das empresas globais do mercado de tecnologia digital, setor que costuma desenvolver práticas de mercado anticompetitivas. 
d) As empresas de tecnologia digital formam verdadeiros oligopólios e controlam diversas redes informacionais; apesar disso, elas ainda dependem das legislações dos Estados nacionais para a atuação nos territórios e comercialização dos seus produtos.

Questão 07 - UNICAMP 2017 - 

Os sucessivos Censos Demográficos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) buscam conhecer a distribuição da população pelo território brasileiro, conhecimento relevante para os mais diversos tipos de planejamento. Considerando os dados da tabela acima, assinale a alternativa correta.
a) As regiões Norte e Centro-Oeste foram as únicas com acréscimos contínuos na participação regional desde 1950, fenômeno associado aos fluxos migratórios nacionais incentivados por políticas governamentais de ocupação do território. 
b) A região Nordeste foi a única que apresentou redução contínua de participação regional, fenômeno associado às grandes secas do sertão, responsáveis pela migração da população para as outras regiões do país ao longo de todo o século XX. 
c) A região Sudeste tem maior participação regional na população do país, apresentando redução a partir de 1991, fenômeno associado ao decréscimo, em números absolutos, de sua população pela elevada queda da taxa de fecundidade. 
d) A região Sul apresentou acréscimo de participação regional até 1991, ocorrendo queda nas décadas seguintes, fenômeno associado ao regresso dos filhos de imigrantes europeus em busca de trabalho nos países de origem de seus pais.

Questão 08 - UNICAMP 2017 - "A fúria do tirano, o terrorismo de Estado, a guerra, o massacre, o escravismo, o racismo, o fundamentalismo, o tribalismo, o nazismo, sempre envolvem alegações racionais, humanitárias, ideais, ao mesmo tempo que se exercem em formas e técnicas brutais, irracionais, enlouquecidas. Em geral, a fúria da violência tem algo a ver com a destruição do ‘outro’, ‘diferente’, ‘estranho’, com o que busca a purificação da sociedade, o exorcismo de dilemas difíceis, a sublimação do absurdo embutido nas formas da sociabilidade e nos jogos das forças sociais." (Octávio Ianni,” A violência na sociedade contemporânea”, em Estudos de Sociologia, Araraquara, v. 7, n. 12, p. 8, 2002.) 
Assinale a alternativa correta. 
a) Os atos de violência sempre implicam alegações irracionais e práticas racionais que transformam os jogos das forças sociais e as tramas de sociabilidade que envolvem as coletividades. 
b) A violência nasce como técnica de poder, exercita-se como modo de preservar, ampliar ou conquistar a propriedade, adquirindo desdobramentos psicológicos desprezíveis para agentes e vítimas. 
c) Os atos de violência não têm excepcional significação, porque mantêm as mesmas formas e técnicas, razões e convicções conforme as configurações e os movimentos da sociedade. 
d) A violência entra como elemento importante da cultura política com a qual se ordenam ou se transformam as relações entre os donos do poder e os setores sociais tornados subalternos.

Questão 09 - UNICAMP 2017 - 

O gráfico triangular acima apresenta a estrutura de utilização das terras dos estabelecimentos agropecuários em cada região brasileira (dados do último Censo Agropecuário do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de 2006). (Adaptado de Marcelo Martinelli, Mapas, gráficos e redes. Elabore você mesmo. São Paulo: Oficina de Textos, 2014, p. 56.) Cada ponto representa uma região brasileira. 
Identifique cada região: 
a) 1 Norte; 2 Nordeste; 3 Sudeste; 4 Sul; 5 Centro-Oeste. 
b) 1 Sudeste; 2 Centro-Oeste; 3 Sul; 4 Norte; 5 Nordeste. 
c) 1 Nordeste; 2 Sul; 3 Centro-Oeste; 4 Sudeste; 5 Norte. 
d) 1 Centro-Oeste; 2 Sudeste; 3 Norte; 4 Nordeste; 5 Sul.

Questão 10 - UNICAMP 2017 - Muitos problemas sociais e ambientais têm-se tornado motivo de piadas e alvo de charges em jornais e revistas. Um exemplo deste tipo está mostrado nas figuras abaixo.
Levando em conta as informações abstraídas das figuras, depreende-se que as charges remetem a um problema recorrente de contaminação de 
a) leite, sendo que a figura da esquerda diz respeito ao acerto da acidez, e a da direita diz respeito à eliminação de microrganismos. 
b) leite, sendo que a figura da esquerda diz respeito à eliminação de microrganismos, e a da direita diz respeito ao acerto da acidez. 
c) dois produtos, por leite, sendo que a figura da esquerda diz respeito à contaminação de hidróxido de sódio, e a da direita diz respeito à contaminação de peróxido de hidrogênio. 
d) hidróxido de sódio, por leite, na figura da esquerda, e a figura da direita não diz respeito à contaminação de nenhum produto.

GABARITO
01 - B
02 - B
03 - D
04 - C
05 - B
06 - D
07 - A
08 - D
09 - A
10 - A

NASA descobre fenda de cem quilômetros na Antártida

Os aviões da NASA descobriram em uma das geleiras mais vulneráveis da Antártida uma fenda gigante de 112 quilômetros de extensão, cuja aparência indica o início do colapso desta massa de gelo e a formação de um mega-iceberg de 6,5 mil quilômetros quadrados, relata o Live Science.

Os climatologistas, oceanógrafos e outros cientistas acreditavam durante muito tempo que a mudança climática ameaçava destruir principalmente as reservas setentrionais de gelo da Terra — as geleiras da Groenlândia e a calota polar norte.

Porém, nos últimos anos, essa visão começou a mudar, porque os cientistas encontraram evidências de que o primeiro gelo a desaparecer será não o do norte, mas algumas geleiras da Antártida, levando a um aumento catastrófico do nível do mar. Por esta razão, a NASA realiza a vigilância permanente do gelo meridional no âmbito do projeto IceBridge, estudando a zona com aviões de investigação.

Essas pesquisas mostram que o primeiro candidato para a destruição e o mais vulnerável é a chamada geleira de Larsen B, na costa leste da Península Antártica — ela começou a degelar ainda em 1995 e os seus últimos fragmentos, segundo dados do IceBridge, devem começar a desaparecer este verão. Isso mesmo aconteceu — as últimas imagens aéreas, obtidas pela NASA no fim de novembro e no início de dezembro, mostram que na geleira de Larsen B, a última parte do maciço de gelo de Larsen B, surgiu uma rachadura gigante de 112 quilômetros de comprimento, de cerca de 100 metros de largura e de cerca de 500 metros de profundidade. Os cientistas acreditam que esta rachadura podia ter surgido no passado ou no ano anterior, o que indica o caráter super-rápido do colapso do maciço de gelo. 

Ela [a fenda] continua a crescer rapidamente e, com a chegada do verão no hemisfério sul, a geleira de Larsen B tornar-se-á um iceberg gigante, cuja área atingirá cerca de 6.500 quilômetros quadrados. Esta área é comparável ao estado do Delaware nos EUA e o tamanho é cerca de um sétimo da área da região de Moscou, da Estônia ou doutro país europeu pequeno. O colapso da geleira de Larsen B C vai acelerar o degelo e fará as geleiras continentais da Antártida, que hoje são mantidas no lugar pelo maciço de gelo marinho, "escorregarem" para o mar.

Fonte: Sputnik Brasil.

Mega terremoto de 8,1 nas Ilhas Salomão ativa alerta de tsunami no Pacífico

Um terremoto de magnitude 8,1 sacudiu nesta quinta-feira (8) as Ilhas Salomão, um país insular independente situado na Oceania, na Melanésia, ativando um alerta de tsunami para toda a região.

​O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico (PTWC, na sigla em inglês) emitiu um alerta de tsunami para as Ilhas Salomão, bem como para Vanuatu, Papua Nova Guiné, Nauru, Nova Caledônia, Tuvalu e Kosrae. O Havaí também está sob risco, segundo a entidade.

​O epicentro foi localizado 63 km a sudoeste da cidade de Kirakira, capital da província de Makira-Ulawa, a uma profundidade de 40 quilômetros.

O terremoto ocorreu às 17h39 UTC (15h39 no horário de Brasília) e, de acordo com o alerta emitido pelo PTWC, a primeira onda gigante atingiria Kikarika às 18h07 UTC (16h07 no horário de Brasília).

​A entidade alertou que ondas perigosas são esperadas em uma área de pelo menos 300 quilômetros ao redor do epicentro do terremoto.

Enem 2016 - Questões relacionadas à Geografia com gabarito - 2ª aplicação

Enem - Ordenação de Questões do Caderno Rosa

Questão 1
TEXTO l 
Cerrado brasileiro apresenta diversos aspectos favoráveis, mas tem como problema a baixa fertilidade de seus solos. A grande maioria é ácido, com baixo pH. Disponível em: www.fmb.edu.br. Acesso em: 21 dez. 2012 (adaptado). 

TEXTO II O crescimento da participação da Região Central do Brasil na produção de soja foi estimulado, entre outros fatores, por avanços científicos em tecnologias para manejo de solos. Disponível em: www.conhecer.org.br. Acesso em: 19 dez. 2012 (adaptado) 

Nos textos, são apresentados aspectos do processo de ocupação de um bioma brasileiro. Uma tecnologia que permite corrigir os limites impostos pelas condições naturais está indicada em: 
a) Calagem. 
b) Hidroponia. 
c) Terraceamento. 
d) Cultivo orgânico. 
e) Rotação de culturas.

Questão 2
A favela é vista como um lugar sem ordem, capaz de ameaçar os que nela não se incluem. Atribuir-lhe a ideia de perigo é o mesmo que reafirmar os valores e estruturas da sociedade que busca viver diferentemente do que se considera viver na favela. Alguns oficiantes do direito, ao defenderem ou acusaram réus moradores de favelas, usam em seus discursos representações previamente formuladas pela sociedade e incorporadas nesse campo profissional. Suas falas se fundamentam nas representações inventadas a respeito da favela e que acabam por marcar a identidade dos indivíduos que nela residem. 
RINALDI. A. Marginais, delinquentes e vítimas: um estudo sobre a representação da categoria favelado no tribunal do jun. da cidade do Rio de Janeiro. In: ZALUAR, A.; ALVITO, M. (Orgs.). Um século de favela. Rio de Janeiro, Editora FGV. 1998. 

O estigma apontado no texto tem como consequência o(a) 
a) aumento da impunidade criminal. 
b) enfraquecimento dos direitos civis. 
c) distorção na representação política. 
d) crescimento dos índices de criminalidade. 
e) ineficiência das medidas socioeducativas.

Questão 4 -
Cúpula dos Povos começa como contraponto à Rio+20 

Enquanto a conferência oficial no Riocentro, na Barra, é restrita a participantes credenciados, que só entram depois de passar por um forte controle de segurança, a Cúpula dos Povos é aberta ao público, em tendas ao ar livre no Aterro do Flamengo. Ela é aberta também às tribos e discussões mais diversas, em mesas de debate e painéis geridos pelos próprios participantes, buscando promover a mobilização social. Problemas ambientais, econômicos, sociais, políticos e de minorias serão discutidos no evento, afirma uma ativista norte-americana, em alusão ao movimento que ocupou Wall Street, em Nova York, no ano passado. Disponível em. www.bbc.co.uk. Acesso em: 14 ago. 2012. Uma articulação entre as agendas ambientalistas e a antiglobalização indica a 
a) humanização do sistema capitalista financeiro. 
b) consolidação do movimento operário internacional. 
c) promoção de consenso com as elites políticas locais. 
d) constituição de espaços de debates transversais globais. 
e) construção das pautas com os partidos políticos socialistas.


Questão 5 -
Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br. Acesso em: 12 ago. 2012.

A projeção cartográfica do mapa configura-se como hegemônica desde a sua elaboração, no século XVI. A sua principal contribuição inovadora foi a
a) redução comparativa das terras setentrionais.
b) manutenção da proporção real das áreas representadas.
c) consolidação das técnicas utilizadas nas cartas medievais.
d) valorização dos continentes recém-descobertos pelas Grandes Navegações.
e) adoção de um plano em que os paralelos fazem ângulos constantes com os meridianos.


Questão 6 -
Ações de educação patrimonial são realizadas em diferentes contextos e localidades e têm mostrado resultados surpreendentes ao trazer à tona a autoestima das comunidades. Em alguns casos, promovem o desenvolvimento local e indicam soluções inovadoras de reconhecimento e salvaguarda do patrimônio cultural para muitas populações.
PELEGRINI, S. C. A.: PINHEIRO, A. P. (Orgs.). Tempo, memória e patrimônio cultural. Piauí: Edupi. 2010.

A valorização dos bens mencionados encontra-se correlacionada a ações educativas que promovem a(s) a) evolução de atividades artesanais herdadas do passado.
b) representações sociais formadoras de identidades coletivas. 
c) mobilizações políticas criadoras de tradições culturais urbanas.
d) hierarquização de festas folclóricas praticadas por grupos locais.
e) formação escolar dos jovens para o trabalho realizado nas comunidades.

Questão 11 -
A Justiça de São Paulo decidiu multar os supermercados que não fornecerem embalagens de papel ou material biodegradável. De acordo com a decisão, os estabele ci - mentos que descumprirem a norma terão de pagar multa diária de R$ 20 mil, por ponto de venda. As embalagens deverão ser disponibilizadas de graça e em quantidade suficiente. Disponível em: www.estadao.com.br Acesso em: 31 jul. 2012 (adaptado).

A legislação e os atos normativos descritos estão anco - rados na seguinte concepção:
a) Implantação da ética comercial.
b) Manutenção da livre concorrência.
c) Garantia da liberdade de expressão.
d) Promoção da sustentabilidade ambiental. 
e) Enfraquecimento dos direitos do consumidor

Questão 17 -
A presença de uma corrente migratória por si só não explica a condição de vida dos imigrantes. Esta será somente a aparência de um fenômeno mais profundo, estruturado em relações socioeconômicas muitas vezes perversas. É o que podemos dizer dos indivíduos que são deslocados do campo para as cidades e obrigados a viver em condições de vida culturalmente diferentes das que vivenciaram em seu lugar de origem. SCARLATO, F.C. População e urbanização brasileira. In: ROSS, J.L.S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp, 2009.

O texto faz referência a um movimento migratório que reflete o(a)
a) processo de deslocamento de trabalhadores motivados pelo aumento da oferta de empregos no campo.
b) dinâmica experimentada por grande quantidade de pessoas, que resultou no inchaço das grandes cidades. 
c) permuta de locais específicos, obedecendo a fatores cíclicos naturais.
d) circulação de pessoas diariamente em função do emprego.
e) cultura de localização itinerante no espaço.

Questão 21 -

A interpretação da imagem demonstra que a distribuição de países onde se dirige do lado direito coincide, em grande parte, com a zona de influência ou dominação exercida pela
a) Índia.
b) Austrália.
c) Inglaterra
d) Indonésia.
e) África do Sul.

Questão 23 -

O processo ambiental ao qual a charge faz referência tende a se agravar em função do(a)
a) expansão gradual das áreas de desertificação.
b) aumento acelerado do nível médio dos oceanos.
c) controle eficaz da emissão antrópica de gases poluentes.
d) crescimento paulatino do uso de fontes energéticas alternativas.
e) dissenso político entre países componentes de acordos climáticos internacionais.

Questão 26 -

A forma de organização interna da indústria citada gera a seguinte consequência para a mão de obra nela inserida:
a) Ampliação da jornada diária.
b) Melhoria da qualidade do trabalho.
c) Instabilidade nos cargos ocupados.
d) Eficiência na prevenção de acidentes.
e) Desconhecimento das etapas produtivas.

Questão 26 -

Relacionando as informações do mapa com o processo de ocupação brasileiro, as áreas de maior precariedade estão associadas
a) ao fenômeno da marcha para o oeste.
b) à divergência de poderes políticos locais.
c) ao processo de ocupação imigratória tardia.
d) à presença de espaços de baixo potencial produtivo.
e) a baixos investimentos públicos em equipamentos urbanos.

Questão 29 -
A geografia mundial da inovação sofreu uma reviravolta que mobiliza fatores humanos, financeiros e tecnológicos. Esforço humano: com 1,15 milhão de pesquisadores, a China dispõe de um potencial equivalente a 82% da capacidade norte-americana e 79% da europeia; segundo a National Science Foundation norte-americana, o país deverá concentrar 30% de todos os pesquisadores do mundo até 2025. Esforço financeiro: em 2009, pela primeira vez, a China apresentou um orçamento para pesquisa que a colocou em segundo lugar no mundo – ainda bastante longe dos Estados Unidos, mas à frente do Japão. Esforço tecnológico: em 2011, o país se tornou o primeiro depositante mundial de patentes, graças a uma estratégia nacional que visa passar do Made in China (produzido na China) para o Designed in China (projetado na China).
CARROUÉ, L. Desindustrialização. Disponível em: www.diplomatique.org.br. Acesso em: 30 jul. 2013 (adaptado).

O texto apresenta um novo fator a ser considerado para refletir sobre o papel produtivo entre os países, representado pela
a) aplicação da ciência e tecnologia no desenvolvimento produtivo, que aumenta o potencial inventivo. 
b) ampliação da capacidade da indústria de base, que coopera para diversificar os níveis produtivos.
c) exploração da mão de obra barata, que atrai fluxo de investimentos industriais para os países.
d) inserção de pesquisas aplicadas ao setor financeiro, que incentiva a livre concorrência.
e) transnacionalização do capital industrial, que eleva os lucros em escala planetária.

Questão 32 -
A característica fundamental é que ele não é mais somente um agricultor ou um pecuarista: ele combina atividades agropecuárias com outras atividades não agrícolas dentro ou fora de seu estabelecimento, tanto nos ramos tradicionais urbano-industriais como nas novas atividades que vêm se desenvolvendo no meio rural, como lazer, turismo, conservação da natureza, moradia e prestação de serviços pessoais. SILVA. J.G. O novo rural brasileiro. Revista Nova Economia, n.º 1, maio 1997 (adaptado).

Essa nova forma de organização social do trabalho é denominada
a) terceirização.
b) pluriatividade. 
c) agronegócio.
d) cooperativismo.
e) associativismo.

Questão 37 -
Durante as três últimas décadas, algumas regiões do Centro-Sul do Brasil mudaram do ponto de vista da organização humana, dos espaços herdados da natureza, incorporando padrões que abafaram, por substituição parcial, anteriores estruturas sociais e econômicas. Essas mudanças ocorreram, principalmente, devido à implantação de infraestruturas viárias e energéticas, além da descoberta de impensadas vocações dos solos regionais para atividades agrárias rentáveis.
(AB’SABER, A.N. Os domínio de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas, São Paulo: Ateliê Editoria, 2003 (adaptado).

A transformação regional descrita está relacionada ao seguinte processo característico desse espaço rural:
a) Expansão do mercado interno.
b) Valorização do manejo familiar.
c) Exploração de espécies nativas.
d) Modernização de métodos produtivos. 
e) Incorporação de mão de obra abundante.

Questão 41 -
TEXTO I
Dezenas de milhares de pessoas compareceram à maior manifestação anti-troika (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e FMI) em Atenas contra a austeridade e os cortes de gastos públicos aprovados neste domingo no parlamento grego. Disponível em: www.cartamaior.com.br. Acesso em: 8 nov. 2013.

TEXTO II
As políticas de austeridade transferem o ônus econômico para as classes trabalhadoras. Para diminuir os prejuízos do capital financeiro, socializam as perdas entre as classes trabalhadoras. O capitalismo não foi capaz de integrar os trabalhadores e ao mesmo tempo protegê-los. Entrevista com Ruy Braga. Revista IHU online. Disponível em: www.ihu.unisinos.br. Acesso em: 8 nov. 2013 (adaptado).

Diante dos fatos e da análise apresentados, a política econômica e a demanda popular correlacionada encontram-se, respectivamente, em
a) controle da dívida interna e implementação das regras patronais.
b) afrouxamento da economia de mercado e superação da lógica individualista.
c) aplicação de plano desenvolvimentista e afirmação das conquistas neoliberais.
d) defesa dos interesses corporativos do capital e manutenção de direitos sociais.
e) mudança na estrutura do sistema produtivo e democratização do acesso ao trabalho

Questão 44 -
O mercado tende a gerir e regulamentar todas as atividades humanas. Até há pouco, certos campos – cultura, esporte, religião – ficavam fora do seu alcance. Agora, são absorvidos pela esfera do mercado. Os governos confiam cada vez mais nele (abandono dos setores de Estado, privatizações). RAMONET, I. Guerras do século XXI: novos temores e novas ameaças. Petrópolis: Vozes. 2003.
No texto é apresentada uma lógica que constitui uma característica central do seguinte sistema socioeconômico:
a) Socialismo.
b) Feudalismo.
c) Capitalismo. 
d) Anarquismo.
e) Comunitarismo

Questão 45 -
Em 1967. o geógrafo brasileiro Pedro Pinchas Geiger propôs uma divisão regional do país em regiões geoeconômicas ou complexos regionais. Essa divisão baseia-se no processo histórico de formação do território brasileiro, levando em conta, especialmente, os efeitos da industrialização. Dessa forma, busca-se refletir a realidade do país e compreender seus mais profundos contrastes.
Disponível em: (http://educacao.uol.com.br. Acesso em: 23 ago. 2012 (adaptado).

A divisão em regiões geoeconômicas ou complexos regionais encontra-se na seguinte representação:

a)

b)

c)

d)

e)
Questão 47 -
A modernização da agricultura, também conhecida como Revolução Verde, ficou marcada pela expansão da agricultura nacional. No entanto, trouxe consequências como o empobrecimento do solo, o aumento da erosão e dos custos de produção, entre outras. Atualmente, a preocupação com a agricultura sustentável tem suscitado práticas como a adubação verde, que consiste na incorpo - ração ao solo de fitomassa de espécies vegetais distintas, sendo as mais difundidas as leguminosas. ANUNCIAÇÃO. G. C. F. Disponível em: www.muzifsuidemlnesadubr. Acesso em: 20 dez 2012 (adaptado). A utilização de leguminosas nessa prática de cultivo visa reduzir a
a) utilização de agrotóxicos.
b) atividade biológica do solo.
c) necessidade do uso de fertilizantes. 
d) decomposição da matéria orgânica.
e) capacidade de armazenamento de água no solo.

Rio de Janeiro receberá certificado da Unesco por paisagem cultural

Decisão é inédita segundo Escritório da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura; cerimônia de entrega ocorrerá no Morro do Corcovado, que abriga a estátua do Cristo Redentor.
Monica Grayley, da Rádio ONU.

O Rio de Janeiro receberá na terça-feira um título inédito: o de Patrimônio Mundial da Unesco em Paisagem Cultural.

Em comunicado, emitido pelo Escritório da Unesco no Brasil, a agência da ONU informa que o Rio será a primeira cidade a obter o certificado de "paisagem cultural urbana declarada Patrimônio Mundial".

Jardins históricos

De acordo com a agência, os sítios reconhecidos nesta categoria eram mais relacionados a áreas rurais, jardins históricos e outros locais.

A entrega do certificado ocorrerá em 13 de dezembro no Morro do Corcovado e aos pés da estátua do Cristo Redentor. A concessão do título é resultado de um trabalho coordenado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Iphan, a Unesco e a Prefeitura da Cidade.

O representante da Unesco no Brasil, Lucien Muñoz, afirmou que o reconhecimento de Brasília, há 30 anos, como patrimônio cultural também foi inovador.

A Unesco lembrou que o Rio de Janeiro tem traços especiais como estar localizada entre o mar e as montanhas tendo o Pão de Açúcar, o Corcovado, a Floresta da Tijuca, a Baía de Guanabara e outros pontos turísticos ao redor.

A Enseada de Botafogo, o Morro de Leme, a Praia de Copacabana e o Aterro do Flamengo também foram mencionados.

O processo de certificação conta com vários pontos incluindo a instalação de um comitê gestor, o que deve ocorrer poucas horas antes da cerimônia de entrega do título, que deve contar também com a presença do prefeito do Rio, Eduardo Paes.