segunda-feira, 18 de maio de 2015

Baixar o edital do Enem 2015

MEC Divulga Edital do Enem 2015

As regras para o Enem 2015 já estão publicadas no edital divulgado pelo Ministério da Educação. As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio serão realizadas das 10h do dia 25 de maio, até as 23h59 de 5 de junho. As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro.

Baixar o edital do Enem 2015:

Neste ano, o preço da inscrição do Enem subiu: candidatos terão que pagar R$ 63 para participar das provas. No ano passado, o valor era de R$ 35. Estudantes que estão cursando o Ensino Médio em 2015, matriculados na Rede Pública de ensino, e aqueles que comprovarem baixa renda terão isenção da taxa. Os candidatos isentos que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o benefício para a próxima edição. O objetivo da medida é diminuir os índices de abstenção e, com isso, evitar desperdício de dinheiro público. 

Os documentos necessários para se inscrever no Enem são identidade e CPF. Quem for maior de 18 anos e quiser utilizar o Enem para retirar a Certificação de Conclusão do Ensino Médio deve indicar o objetivo já no ato de inscrição.

Travestis e transexuais poderão solicitar este ano o uso do nome social no Enem, assim como ocorreu na edição de 2014. Para evitar fraudes, a inscrição dos candidatos que pretendem ser identificados pelo nome social terá alterações: eles devem fazer se inscrever normalmente, no período estabelecido no edital, e encaminhar cópia de documento de identificação, foto recente e formulário disponível on-line, preenchido, entre os dias 15 e 26 de junho. O envio do formulário deverá ser feito por meio do sistema do participante, na página do Enem na internet.

Fonte: EBC

domingo, 17 de maio de 2015

46 Questões de Climatologia

Assuntos: Meteorologia e Climatologia, Escalas Taxonômicas do clima, Camadas da atmosfera, Elementos do clima, Fatores do clima.

3 Aulas sobre Cartografia

Slides de Geografia em PowerPoint - .ppt - sobre Cartografia
Download: Aula de Geografia - Cartografia.

sábado, 16 de maio de 2015

Climatologia nas Aulas de Geografia: Entrevista com a Professora Ercília Steinke

Entrevista com a Professora Ercília Steinke da Universidade de Brasília, feita pela equipe do Laboratório de Biogeografia e Climatologia UFV
Professora Ercília Steinke - Departamento de Geografia da Universidade de Brasília,
Bioclima: Agora falando sobre a questão do ensino de Geografia, o Professor vem desenvolvendo projetos de ensino de climatologia, no âmbito da Geografia, nos últimos anos. Nesse contexto, a professora poderia nos apresentar um cenário da atual condição do ensino de climatologia nos bancos escolares.

Bom, posso falar da realidade daqui da nossa região. Tenho pesquisado sobre o tema e conversado com professores e alunos do Ensino Básico. Infelizmente, não vejo mudanças significativas na hora de ensinar temas de Climatologia na escola. O ensino, de forma geral, continua enciclopédico. Os alunos ainda são chamados a memorizarem os tipos de clima do Brasil e os elementos do clima ainda são estudados de forma compartimentada. Vejo novas propostas sendo elaboradas, mas não colocadas em prática, elas não chegam nas escolas. A realidade, o espaço vivido pelo aluno é desconsiderado na hora de estudar Climatologia. Tenho tentado entender porque isso acontece. Compreendo que existem questões estruturais de ensino nas escolas, como carga horária, salário e etc, porém, eu tenho absoluta certeza que, ao invés de memorizar determinados tópicos, os alunos deveraim ser chamados a investigar os acontecimentos ligados ao tempo e ao clima que ocorrem perto deles. Garanto que eles iriam aprender. Por exemplo: aqui em Brasília, um pouco antes de se iniciar nosso período chuvoso, as cigarras começam a cantar (todo brasiliense sabe disso). Todo mundo sabe que quando elas começam a cantar significa que a chuva está próxima e que o período chuvoso vai começar. Isso acontece porque o período de eclosão dos casulos das cigarras só ocorre com a pressão atmosférica mais baixa e com a umidade em elevação. Tenho absoluta certeza que, se o professor levasse seus alunos para um jardim (as cigarras estão em todos os jardins), pegasse uma cigarra (os meninos acham o máximo e as meninas acham nojento) e falasse sobre isso com eles, eles nunca mais iam esquecer, pois faz parte da realidade de cada cidadão do DF. Pergunto: não seria muito mais legal do que ficar memorizando coisas?

O Blog de Geografia disponibiliza parte da entrevista, a entrevista completa você pode conferir neste link: 

Foto do Dia: Zauberlehrling (aprendiz de feiticeiro)

Zauberlehrling (aprendiz de feiticeiro) é uma escultura em aço parecendo uma torre de energia em movimento de dança, fotografada ao pôr do sol. Criada para a EMSCHERKUNST, uma exposição internacional de arte em espaço público realizada no norte da Região do Vale do Ruhr, Alemanha. 
Fonte: Wikipedia.